Primeiro lote de kits de alimentação será entregue na quinta-feira

Kit de Alimentação Escolar. 27/03/20. Foto: Ivan Feitosa/Pref. Rio Preto.

Famílias vulneráveis e já cadastradas serão atendidas prioritariamente. Cadastramento continua nas escolas municipais para atendimento em maio

Uma força-tarefa está reunindo merendeiras e voluntários da Defesa Civil na montagem dos kits de alimentação escolar. Eles serão fornecidos às famílias que já solicitaram apoio nutricional para suas crianças matriculadas na rede municipal de ensino.

Dhoje Interior

Nesta sexta-feira (27), 40 pessoas reunidas num galpão empresarial cedido à Divisão de Gestão da Merenda Escolar começaram a montar as cestas de gêneros secos. O trabalho continuará nos próximos dias, para que os alimentos sejam entregues na próxima quinta-feira (2).

Um levantamento prévio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, responsável pela iniciativa com apoio da Secretaria de Educação, aponta que mais de 10 mil alunos já foram cadastrados para recebimento dos kits – o equivalente a um quarto do total de estudantes em creches e escolas municipais.

O kit é individual para cada criança e suficiente, em quantidade e qualidade equivalente à merenda escolar, para 30 dias. Já os kits com gêneros perecíveis (hortifrútis, ovos e pão) serão entregues semanalmente, a partir de 09 de abril. Também existe diferença entre kits para crianças de 3 meses a 1 ano e 11 meses* e para crianças a partir de 2 anos de idade**.

“Neste primeiro momento, vamos atender as famílias que já fizeram o cadastramento, priorizando as mais vulneráveis. As escolas continuarão fazendo o cadastro durante todo o período de suspensão de aulas. Essas novas solicitações serão atendidas com kits em maio”, explica o secretário Antonio Pedro Pezzuto Junior.

Uma equipe de 120 merendeiras, que trabalhará em regime de rodízio e respeitando as determinações fitossanitárias, fará a entrega das cestas nas respectivas escolas. Apenas os responsáveis poderão fazer a retirada dos alimentos na unidade escolar.

A ação emergencial foi tomada a partir das medidas tomadas pelo Comitê Gestor de Enfrentamento ao Coronavírus (Covid-19).

Atendimento socioassistencial

Famílias sem situação de vulnerabilidade social cadastradas junto à rede municipal de Assistência Social são regulamente atendidas por meio do Banco Municipal de Alimentos.

Caso a família necessite de alimentos para suprir a todos os moradores da casa, deverá procurar o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo de sua residência, preferencialmente por atendimento telefônico, para orientações sobre programas e benefícios sociais.

Composição dos kits de alimentação escolar de gêneros secos:

* Para crianças de 3 meses a 1 ano e 11 meses: 500g amido de milho / 5kg arroz / 400g biscoito de maisena / 1kg feijão / 1kg fubá / 2kg leite em pó / 500g macarrão

** Para crianças a partir de 2 anos: 5kg arroz / 1kg fubá de milho / 1kg leite em pó integral / 900ml óleo / 1kg feijão / 1kg farinha de trigo / 1kg açúcar refinado / 1kg achocolatado em pó / 500g macarrão / 400g biscoito

Da REDAÇÃO