Primavera será marcada com chuvas irregulares e calor acima da média

A estação mais florida do ano chegou oficialmente na madrugada desta segunda-feira, dia 23, e veio marcada com uma mudança na temperatura não só na região noroeste paulista, mas em todo o país.

O calor que marcou o fim do inverno deu uma amenizada nesta segunda-feira, dia 23, em Rio Preto. Os termômetros marcaram nas primeiras horas da manhã 18 graus.
Já no período da tarde, a temperatura chegou a 31 graus, bem diferente da semana passada em que em que os termômetros marcaram 38° graus, com sensação térmica de 40 graus.

De acordo com a meteorologista Graziella Gonçalves, a região Sudeste sentirá a irregularidade da chuva ao longo da primavera e o atraso do período úmido. Os reservatórios para abastecimento de água e para a geração de energia devem seguir prejudicados.

As pancadas de chuva só vão aparecer ao longo do mês de outubro, mas ainda muito mal distribuídas.

“Chuvas mesmo deve acontecer mais na região leste do estado de São Paulo. No interior, as chuvas serão irregulares e a previsão é de que a temperatura fique acima da climatologia”, explica.

Em novembro e em dezembro, a chance de temporais será maior, mas as pancadas de chuva ainda serão mal distribuídas. As médias para estes meses são altas no Sudeste, mas a tendência é de que ainda chova menos que a média climatológica sobre toda a região.

“Com a irregularidade da chuva, os períodos com sol forte serão extensos, o que colabora para o aumento do calor”, conta.

Por Vinicius LOPES

SEM COMENTÁRIOS