PRF deflagra Operação ‘Cavalo de Aço’ e multa 27 na região

Foto: Divulgação PRF

Policiais rodoviários federais deflagraram na BR-153, na madrugada desta quarta-feira, entre os municípios de José Bonifácio e Ubarana, região onde existe grande concentração de usinas e plantações de cana, a terceira etapa da Operação ‘Cavalo de Aço’.

O objetivo da ação, segundo a corporação, foi “coibir o trânsito de veículos de transporte de cana-de-açúcar após o horário previsto na autorização especial”.

Em nota a PRF informa que “por apresentarem dimensões e peso acima do permitido pela regulamentação, os caminhões de transporte de cana devem portar uma autorização especial, emitida pelo DNIT, que autoriza o trânsito destes veículos em rodovias federais do amanhecer ao pôr do sol. Nas rodovias estaduais, a autorização é emitida pelo DER”.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, foram flagrados seis veículos trafegando irregularmente, que receberam multas individuais de R$ 195,23, além de 5 pontos no prontuário do proprietário do veículo.

Também foram vistoriados os equipamentos obrigatórios e a sinalização de todos os conjuntos abordados, resultando na lavratura de 21 autos de infração durante toda a operação.

Conforme os patrulheiros, “o peso da carga faz com que estes veículos transitem com velocidade reduzida, e além de possuírem comprimento que pode chegar a 30 metros de extensão, a presença destes veículos durante a noite em rodovias federais eleva o risco de envolvimento em graves acidentes de trânsito, principalmente envolvendo veículos de passeio”.

O nome da operação, segundo a PRF, “é atribuído em alusão à expressão popular ‘cavalo mecânico’, usada pelos caminhoneiros para se referirem ao caminhão que traciona as carretas de transporte de carga”.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS