Prêmio destaca projetos voltados aos Direitos Humanos

As inscrições estão abertas até a próxima terça-feira (07/11)

As inscrições para a 21ª edição do Prêmio Santo Dias de Direitos Humanos estão abertas até o próximo dia 7 de novembro. A premiação está aberta a todas as pessoas ou entidades com atuação destacada em prol dos direitos humanos em todo o Estado de São Paulo.

Os deputados estaduais, por meio da Secretaria de Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, devem indicar a pessoa e/ou entidade com um breve histórico da atuação, na sala 1047, no 1º andar do Palácio Nove de Julho, ou encaminharem para o email [email protected].

Os premiados serão decididos pela Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, e terão seus nomes emitidos pela Comissão e Mesa Diretora em um pergaminho, além de ganharem um prêmio a ser decidido pela Mesa. A premiação ocorrerá no dia 15 de dezembro, em uma sessão solene no plenário Juscelino Kubitschek.

Operário metalúrgico, Santo Dias foi morto pela Polícia Militar quando liderava um piquete de greve, em 30/10/1979, na capital paulista. Era um líder operário bastante conhecido no meio dos trabalhadores e do movimento sindical, principalmente nas bases da Igreja Católica.

A notícia da morte de Santo Dias se espalhou rapidamente e ensejou imediata intervenção de autoridades eclesiásticas da Arquidiocese e da CNBB. Seu corpo foi velado durante toda a noite na Igreja da Consolação, no centro da cidade. Na manhã seguinte, 10 mil pessoas, com faixas e palavras de ordem, acompanharam o cortejo até a Catedral da Sé. As palavras de ordem “Abaixo à Ditadura” e “A Luta Continua” marcaram uma das maiores manifestações populares do período.

Da REDAÇÃO

SEM COMENTÁRIOS