RIO PRETO: Secretaria de Habitação mantém pedido de reintegração de posse da Vila Itália

Prédios de Rio Preto fazem contraponto com realidade vivida por moradores da Favela da Vila Itália

A Prefeitura de Rio Preto fez suas alegações finais no processo de reintegração de posse da Comunidade da Vila Itália. Segundo a Administração, conforme Termo de Audiência de Instrução e Julgamento foi concedido prazo para manifestação em alegações finais.

“Reiteramos e esclarecemos as questões apresentadas pelo juiz e mantemos o pedido de reintegração de posse”, declarou o Executivo.

Sobre a data para a execução, a Prefeitura diz que aguarda a decisão da Justiça e que o plano (de como deve acontecer o trabalho de reintegração de posse) está em elaboração.
Dos representantes dos moradores da Comunidade da Vila Itália, Benvindo Nerys Pereira, disse que os próprios moradores do local contrataram empresas especializadas para a elaboração de um projeto que visa a urbanização e adequação total do local.

“Temos um esboço pronto, com várias opções para a Prefeitura. Eles só não fazem se realmente não quiserem”, disse Benvindo.

Perguntado sobre os motivos da prefeitura, ele disse que “a área é muito valiosa e falta vontade política”.

As empresas contratadas entregaram o esboço que, inclusive, segundo o representante dos moradores, conta a história da ocupação.

“Vamos anexar o projeto ao processo mostrando que o local pode sim, ser adequado e urbanizado. Queremos moradia, se a prefeitura não se interessar em bancar o projeto, nos dê a terra (o terreno) que nós mesmos nos organizamos e construímos”, salientou o morador.

Agora, as partes envolvidas aguardam a decisão da Justiça sobre o caso, já que na última audiência, foi decidido que a sentença seria dada assim que a prefeitura se manifestasse.

Por Ygor Andrade

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS