Prefeitura de Rio Preto cria grupo de trabalho para censo dos animais e aves da Represa Municipal

Um grupo formado por membros das secretarias do Meio Ambiente, Saúde, Guarda Municipal e Polícia Ambiental terá a missão de fazer um censo para saber quantos são e quais os tipos de animais silvestres e domésticos e de aves que vivem hoje na Represa Municipal de Rio Preto.

Na primeira ação do grupo, o prefeito Edinho Araújo foi conversar com os colaboradores que caminharam pelo Parque da Represa para identificar os pontos de moradia e descanso dos animais.

Participam do grupo a secretária do Meio Ambiente Kátia Penteado, o chefe da represa Whashington Carvalho, o biólogo e gerente da vigilância ambiental Abner de Souza Alves, a coordenadora da Divisão de Bem-estar Animal Karoline Koga, o gestor do Bosque Municipal Ciro Cruvinel, o comandante da Cia de Policia Ambiental capitão Daleck e o diretor da Guarda Municipal Pedro Silvio da Silva.

A Secretária Kátia Penteado explicou que o objetivo desse grupo de trabalho é realizar um levantamento completo da fauna e fazer uma avaliação sanitária dos animais e aves que vivem às margens da represa, confirmando também os números de gatos, capivaras e aves no local.

O gerente da Vigilância Ambiental Abner de Souza Alves afirmou que é preciso levantar as situações de risco à saúde da população e dos próprios animais e, para isso, a secretaria de saúde auxiliará nesse diagnóstico para um ambiente seguro e evitar proliferação de doenças.

Estimativas indicam que há mais de 120 gatos, inúmeras aves e mais de 500 capivaras vivendo no parque da represa.

O prefeito Edinho Araújo foi conferir de perto o primeiro dia de trabalho do grupo e reiterou que todas as ações deverão estar fundamentadas na lei e deverão ser discutidas com os especialistas e a sociedade civil organizada.

“Espero e quero de vocês ações urgentes para melhorar o aspecto de toda a área da represa municipal, a grama e as árvores, pois o local limpo, bonito e com muito verde ajuda na respiração das crianças, dos idosos e de toda a nossa população que frequenta o local para caminhada e lazer. A represa é uma verdadeira caixa d’água que abastece 1/3 da população, tenho muito respeito pelo meio ambiente e não podemos esperar indefinidamente. Queremos o local limpo, com muito verde e totalmente organizado”, completou o prefeito Edinho.

Da REDAÇÃO

SEM COMENTÁRIOS