Prefeitura anuncia R$ 70 milhões em recape, obras de microdrenagem e construção de viaduto

Foto Divulgação

A Prefeitura de Rio Preto divulgou investimento de R$ 70 milhões para realização de três importantes obras de infraestrutura urbana: recapeamento de 200 quilômetros de pavimentação, obras de drenagem pluvial e construção do Viaduto Izidoro Pupin, que vai ligar o Distrito Industrial ao Residencial Palestra.

O anúncio foi realizado na manhã de terça-feira (2), durante coletiva de imprensa no gabinete do prefeito Edinho Araújo (MDB). As obras pretendem resolver problemas antigos do município, como problemas de enchentes, buracos na pavimentação e fluxo de veículos no Distrito Industrial.

O recapeamento de 200 quilômetros de ruas e avenidas receberá o maior investimento. Ao todo, serão destinados R$ 60 milhões (85% do total) para melhorias de diversas ruas e avenidas do município, com execução de remendos, reciclagem, alteamento de poços de visitas (local de armazenamento do esgoto), reparos em sarjetas e guias. Prazo de execução do serviço é de 1 ano e 7 meses, após ordem de serviço. A abertura dos envelopes acontecerá no dia 11 de novembro.

Para resolver o problema das enchentes, a prefeitura realizará obras de microdrenagem de águas pluviais em pontos estratégicos no município. Os locais determinados foram: rua Pedro Amaral e avenida Bady Bassit (próximo do terminal rodoviário); rua Paquetá – bairro Vila Nossa Senhora da Paz; e ruas e avenidas da Vila Sinibaldi.

As obras têm caráter de complementação do projeto anti-enchente, já que técnicos detectaram que mesmo após a conclusão das obras, determinados pontos precisavam sofrer intervenções. “Com as obras de microdrenagem, vamos evitar pontos que ainda alagam no município mesmo após conclusão das obras de anti-enchente. Será uma complementação importante deste projeto”, informou o secretário de obras, Sérgio Issas.
Serão designados aproximadamente R$ 5 milhões, com prazo final das obras de seis meses. A abertura do envelope acontecerá no dia 13 de novembro.

A terceira obra anunciada é a construção de viaduto sob a linha férrea, no distrito Valdemar Verdi e Residencial Palestra. Segundo Edinho Araújo, o Viaduto Izidoro Pupin permitirá que os veículos trafeguem em desnível evitando congestionamentos nos horários de pico e riscos de acidentes na passagem do trem. “Essa obra será muito importante, pois no Distrito Industrial trabalham muitas pessoas e o fluxo de carros, motos e caminhões é muito grande”, afirmou o prefeito.

O dinheiro para execução das obras veio através do recurso de Financiamento à Infraestutura e ao Saneamento (Finisa), junto à Caixa Econômica Federal no valor de R$ 200 milhões aprovados pela Câmara Municipal no primeiro semestre de 2018. A Prefeitura espera que até o final do ano, a ordem de serviço seja expedida para contar os prazos estipulados em cada obra. Conteúdo especial: Vinícius MAIA

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS