Prefeitura anuncia mais duas obras de mobilidade

Rotatória de 8 mil metros quadrados será construída na Fernando Costa, interligando com avenida Antônio Tavares Pereira Lima

Na manhã de segunda-feira (15), o prefeito Edinho Araújo (MDB) assinou mais duas ordens de serviço para Rio Preto. Dessa vez, uma rotatória de mais de oito mil metros quadrados será construída na Av. Fernando Costa, interligando com a avenida Dr. Antônio Tavares Pereira Lima.

Segundo a prefeitura, a rotatória terá três pistas de rolamento eliminando os semáforos e os cruzamentos nas vias, facilitando o fluxo no local. “É uma obra importantíssima para a cidade. Vamos dar mais mobilidade e fluxo a uma das principais entradas de Rio Preto. Sabemos das dificuldades do nosso trânsito, mas estamos fazendo o possível para diminuir os grandes gargalos”, disse o prefeito.

O anel viário também foi citado por Edinho como outra importante obra de mobilidade da cidade, que vai interligar vários bairros e o complexo de viadutos das avenidas das avenidas Mirassolândia/Domingos Falavina.

“A cidade está toda em obras, pedimos paciência, mas temos certeza que essas intervenções vão mudar o jeito de se locomover em Rio Preto. Estamos pensando no futuro”, completou.

O prolongamento da avenida 13 de maio, em frente a paróquia de Santo Antônio de Lisboa, também será contemplado com a nova rotatória.

O secretário de Obras, Sério Issas, disse que o conjunto de intervenções foi orçado em R$ 3.899.123,74 e deve ser concluído em seis meses. A empresa vencedora da licitação foi a Constroeste Construtora e Participações LTDA. “Importante ressaltar que também serão feitas obras de urbanização do canal localizado na avenida Antonio Tavares de Lima, que a obra possui licença ambiental e que iremos melhorar a captação de águas fluviais, evitando as enchentes que eram comum nessa área, ou seja, fizemos o pacote completo para que a obra seja eficiente”, afirmou o secretário de Trânsito, Amaury Hernandes.

Issas calcula que transitem pela Fernando Costa uma média de dez mil veículos por dia. A segunda obra que foi autorizada por Edinho é o prolongamento da ciclovia da Avenida Philadelpho Gouveia Neto, interligando a via até o novo Terminal Urbano.

Serão pouco mais de mil metros entre as Ruas General Glicério e Assis Brasil. As pistas de ciclovia – ida e volta – serão interligadas com passarela de estrutura mista de aço e concreto.

A obra também contempla a proteção por grades, nova sinalização e novo projeto de iluminação. Esta obra foi avaliada em R$ 771.522,60 e também será realizada pela Constroeste.

O prazo para entrega da obra é de três meses. A previsão é que as obras já comecem assim que a ordem de serviço for publicada no Diário Oficial do Município, nesta terça-feira, dia 16”.

Por Ygor Andrade