Prefeito assina cessão de área para abrigo institucional

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, assinou na tarde desta quarta-feira, dia 12, o termo de cessão de área localizada no bairro São Francisco, localizado entre a avenida Benedito Rodrigues Lisboa e a rua João Pezzarini, em frente a igreja São Francisco de Assis, para a Associação Lar Francisco de Assis na Providência de Deus, para ser construído um abrigo institucional para pessoas em situação de rua.

 

De acordo com o prefeito, essa parceria é muito importante para o município. “Precisamos cuidar das pessoas, deixar a cidade limpa e organizada. Encaminhar quem precisa para o tratamento adequado e para os espaços corretos, respeitando sempre a lei”, afirmou o prefeito.

 

No local será construído um abrigo que inicialmente está planejado para atender cerca de 100 pessoas, entre homens, mulheres, e famílias. No abrigo os atendidos poderão permanecer sem tempo pré-definido.

 

“Vamos atender as pessoas conforme suas necessidades. São pessoas que estão em tratamento contra o vício de álcool, drogas e famílias que estejam passando por extrema necessidade. Cada caso será tratado individualmente”, afirmou o padre Nélio Joel Angeli Belotti, o frei Francisco, durante audiência no gabinete do prefeito.

De acordo com a secretária interina de Assistência Social, Patrícia Lisboa, o abrigo irá fortalecer ainda mais a rede de atendimento do município para pessoas em situação de rua.

“Nós vamos trabalhar em rede, junto com as secretarias de Saúde e Desenvolvimento Econômico e Negócios de Turismo. Além disso, a Defesa Civil, a Guarda Municipal também participam do fluxo e encaminham as informações para a Assistência Social. É um serviço importante e que não tínhamos na cidade”, afirmou a secretária interina.

A área foi concedida à Associação por 5 anos prorrogáveis. O terreno possui 2.234,80 metros quadrados com edificação. No local antes funcionava o Centro Educacional Madre Maria Di Gregório, que travava crianças e adolescentes que viviam em situação de vulnerabilidade social.

 

O abrigo oferecerá os seguintes serviços:

  • Atendimento e acolhimento voltado às famílias e indivíduos que vivenciam violação de direitos que se encontram em situação de risco pessoal e social instalados por ocorrência de abandono, maus tratos físicos e ou psíquicos, abuso sexual, uso de substâncias psicoativas, cumprimento de medidas sócios educativas, situação de rua, situação de trabalho infantil, entre outras.
  • Assegurar um vínculo institucional de referência, possibilitar local para pernoite, banho, higiene pessoal e alimentação, possibilitar vivências pautadas no respeito a si e ai próximo, desenvolver atividades segundo as necessidades, interesses e possibilidades do atendido, estimular o desenvolvimento de ações que possibilitem a construção de um projeto de vida autônomo de forma sustentável, proporcionar a reconstrução e fortalecimento de vínculos familiares, sociais e relacionais, desenvolver capacidades para autocuidado, acompanhar e monitorar para garantia do respeito mútuo, garantir inserção em programas de transferência de renda.

“Agradeço primeiramente a Deus por este momento e por ter colocado pessoas tão importantes e atenciosas na minha vida. Sem vocês seria impossível realizar tantos projetos e acolher tantas pessoas. Parabéns prefeito por este momento e esse cuidado com as pessoas que mais precisam”, agradeceu o frei.

Da REDAÇÃO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS