Preço do botijão de gás vai subir nas distribuidoras

Foto Cláudio Lahos

O reajuste no preço do botijão de gás de 13 quilos chegou nas distribuidoras de gás de Rio Preto. Ontem, a reportagem do DHoje Interior já conferiu locais com novo preço na tabela de vendas: aumento de R$ 5 no botijão. Outras distribuidoras preveem a alta até o fim desta semana. Com o reajuste, o valor médio que era de R$ 65 – para retirada no próprio local – passa a valer R$ 70. Para entrega em domicílio, o custo vai para R$ 75.

O aumento com o reajuste de 8,5% divulgado pela Petrobras ao gás de cozinha nas
refinarias. O preço de venda, na média nacional, sem tributos, nas refinarias da companhia, passará para R$ 25,07 (aumento de R$ 1,97 do antigo preço – R$ 23,10).

Proprietário da revenda GP Gás, no Parque Industrial, o comerciante Rogério Cesar da Silva revelou que manterá o preço antigo na venda do botijão de 13 quilos devido à compra recente de remessa. “O mercado oscila bastante e vou esperar alguns dias para definir o preço”, disse Rogério. Ele entende que o valor praticamente triplica da refinaria até o consumidor final porque passa por três mãos (distribuidora,atacadista e revendedor) e todas tributadas. “Não dá para transferir todo reajuste para o bolso do consumidor e, no final das contas, nós acabamos tendo nossa margem reduzida a
cada reajuste de preço”, afirma.

 

Por Vinicius MAIA

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS