Porteiro é enganado por falsa empresa de empréstimos

Mais um rio-pretense foi vítima do golpe de estelionato do empréstimo on-line. Após procurar por financeiras na internet, o porteiro N.S.F., 27, morador na Vila Toninho, em Rio Preto, encontrou o anúncio de uma empresa que oferecia crédito pessoal e passou a conversar com supostos atendentes pelo whatsapp.

A vítima solicitou R$ 5 mil, que seriam pagos em 24 parcelas de R$ 245,29, assinou contrato e enviou cópias de documentos pessoais.

Enquanto aguardava a liberação do dinheiro, foi solicitado pelos golpistas que depositasse R$ 120,85 para pagar uma suposta taxa.

Em seguida, os estelionatários argumentaram que seria preciso um segundo depósito, no valor de R$ 498,83, para a liberação do empréstimo.

Quando foi pedido à vítima que fizesse uma terceira operação, de R$ 729, F. desconfiou e ao procurar o Procon descobriu que o CNPJ usado pela empresa era de uma cooperativa de crédito em Santa Catarina e que já havia um boletim de ocorrência de outra vítima dos golpistas.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS