Por que fones de ouvido param de funcionar em apenas um dos lados?

A maioria dos problemas nos fones de ouvido é por falta de cuidado. (FOTO GUILHERME BATISTA)

Com a recente popularização dos celulares, outro acessório também tem se tornado uma ferramenta comum no dia a dia das pessoas: os fones de ouvido. Seja dentro do ônibus, na rua ou até mesmo em casa, sempre é possível se deparar com alguém utilizando o acessório. Os fones de ouvido são uteis para escutar músicas e até ouvir um áudio no Whatsapp sem incomodar as pessoas ao redor, mas um dos problemas mais comuns que acontece (e que deixa muita gente irritada) é quando um dos lados do fone para de funcionar.

“O fone de ouvido tem componentes bem sensíveis e é preciso ter um cuidado a mais com eles. Jogar de qualquer jeito na mochila ou enrolar o fio de forma equivocada faz com que ocorra a ruptura de conexões, deixando um dos lados inoperantes”, explica Guylherme Emmanuel Tagliaferro de Queiroz, formado em engenharia da computação e professor na Unorp (Centro Universitário do Norte Paulista).

De acordo com Guylherme, alguns cuidados podem prorrogar a vida útil do fone de ouvido. “O tempo de duração de um fone depende do cuidado e da qualidade. É recomendável que na hora de retirar o fone do celular que se puxe a partir da base. Puxar pelo fio pode rompê-lo e causar perda total. É preciso também evitar colocar peso em cima do fone”, afirma.

Para o engenheiro, os headsets são a melhor opção no quesito durabilidade. “Os pontos de construção são mais rígidos e possuem um acabamento melhor. Apesar de serem mais caros, acabam compensando pela durabilidade”, complementa. Outra dica é observar o tamanho do fio, pois quanto mais ele tiver que ser enrolado, maiores as chances de provocar algum tipo de problema. (Colaborou: Vinicius LIMA)

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS