Polidor tenta vender carro de R$ 52 mil por R$ 1,5 mil

Um Renault Sandero 2018, avaliado em R$ 52 mil, que havia sido furtado de uma locadora de veículos, no último dia 12, no Itaim Bibi, na capital paulista, estava sendo oferecido no terminal rodoviário de Rio Preto pelo polidor de carros B.E.D.S.M., 25, por R$ 1,5 mil. O baixo valor do automóvel chamou a atenção de um popular que acionou a PM.

O informante passou o celular do acusado e um policial à paisana marcou um encontro e foi até a casa de M., no bairro Boa Vista. Não houve negociação, pois o Sandero não estava no local e o suspeito queria pagamento antecipado.

O pm avisou uma viatura, que passou a fazer patrulhamento nas imediações e acabou localizando o automóvel estacionado e trancado em uma rua próxima.

Ao ser abordado, M. disse aos policiais que J.N.S., conhecido como Bahia, morador no Eldorado, foi quem lhe entregou o carro. A guarnição foi até a residência do segundo suspeito, mas de acordo com sua amásia ele viajou para a região de Taquaritinga.

As chaves do Sandero foram encontradas no ‘pé de uma árvore’. Na Central de Flagrantes, após ser autuado por receptação, M. foi levado para a carceragem da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) rio-pretense, onde aguardará decisão da justiça.

O delegado plantonista chegou a arbitrar fiança de R$ 1 mil para que o polidor respondesse a processo em liberdade, mas como não foi paga, acabou ficando preso.

O automóvel recuperado vai permanecer no pátio de Tanabi até que um representante da locadora venha buscá-lo.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS