Polícia registra segundo caso do ‘golpe do par de sapatos’

ARQUIVO/GUILHERME RAMOS

Os estelionatários reformularam o golpe do bilhete premiado e agora oferecem como recompensa um par de sapatos para suas vítimas, como forma de agradecer por um suposto favor. Nesta quinta-feira, a Polícia Civil de Rio Preto registrou o segundo caso na cidade. A vítima foi a aposentada L.A.S.O., 67, moradora do Aroeira 2.

Ela estava caminhando no Calçadão da Bernardino de Campos, na área central, quando foi abordada por uma idosa aparentando 70 anos, morena, e uma mulher loira, com aproximadamente 50 anos.

Uma das golpistas disse que a vítima havia pisado sobre a sua carteira e iria presenteá-la com um par de sapatos. A cúmplice, que se aproximou logo após a abordagem a L., também seria recompensada e foi a primeira a ir buscar em uma loja o calçado.

Para receber o ‘presente’, a vítima teria que deixar sua bolsa com a estelionatária. Ao se dirigir até o endereço indicado, a aposentada descobriu que era inexistente e retornou ao local onde havia encontrado as desconhecidas, as duas tinham desaparecido.

Ao perceber que havia caído em um golpe, foi até sua agência bancária e descobriu que haviam sido feitos empréstimos e compras em seu nome.

Na bolsa da vítima haviam documentos pessoais, chaves, celular, carteira e R$ 1.430 em dinheiro.

 

Por Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS