Polícia prende três envolvidos na morte de jovem após carona

Os suspeitos são Jonathan (esq), Daniel (canto direito acima) e Wander, quem comprou os objetos da jovem (canto direito abaixo)

Equipes da Polícia Militar prenderam na noite desta quinta-feira (2), três homens envolvidos no crime que vitimou Kelly Cristina Cadamuro, de 22 anos, após combinar uma carona por meio de um grupo de caronas do WhatsApp.

A polícia localizou a casa onde estava Jonathan Pereira do Prado, que combinou a carona com a vítima, Daniel Teodoro da Silva estava de moto no posto de combustíveis quando Kelly abasteceu o veículo, a partir desde momento, Daniel passou a perseguir o carro e rendeu a vítima após o último pedágio, Kelly parou o automóvel e neste momento o outro criminoso entrou no veículo. Os dois homens confessaram crime.  Jonathan disse à polícia que havia vendido os objetos pessoais de Kelly a seu primo Wander Luís Cunha, de 34 anos.

Jonathan Pereira do Prado e Daniel Teodoro da Silva foram levados para Frutal em Minas Gerais onde serão ouvidos pelo delegado que investiga o caso. O terceiro envolvido Wander Luís Cunha está preso por receptação, o criminoso está detido na carceragem da DIG em Rio Preto.

A jovem Kelly Cristina Cadamuro será enterrada no velório Municipal de Guapiaçu às 13h.

Em breve mais informações na edição impressa do Jornal DHoje.

Por Mariane Dias

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS