Polícia prende falso médico em Fernadópolis

Um homem de 44 anos, ex-estudante de enfermagem, acabou preso pela Polícia Civil de Fernandópolis na noite de ontem (27), acusado de atuar como falso médico.
Segundo a polícia, o suspeito usava documentos de outro médico e já era investigado pela diretoria da Santa Casa de Fernandópolis, onde havia prestado atendimentos há 15 dias. O caso foi descoberto depois que a instituição desconfiou da conduta do profissional.
O suspeito, que falsificou os documentos substituindo as fotos, possui várias passagens pela polícia e era procurado pela Justiça de Campo Grande (MS) por estelionato. No ano de 2017, em Corumbá (MT), o homem foi preso após a polícia ter encontrado documentos falsos como carteiras de CRM (Conselho Regional de Medicina) e da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), um diploma de curso de medicina e notas falsas.
O suspeito deve responder pelo crime de falsidade ideológica e tentativa de estelionato.
Por JB