Polícia Ambiental encontra criação de cobras ao atender denúncia em Mirassol

Durante o patrulhamento ambiental nesta sexta-feira, 10 de julho, a Polícia Ambiental atendeu uma denúncia de criação de aves na área urbana de Mirassol. Ao chegar ao local, o morador permitiu a entrada da equipe, que não encontrou nada de ilícito, já que as aves encontradas eram exóticas. Porém, os policiais encontraram 41 cobras “corn snake”, que não fazem parte da fauna brasileira.

De acordo com a polícia, o morador assumiu a propriedade dos répteis e declarou que as reproduziu ali mesmo na sua residência. A polícia ambiental apreendeu três fêmeas adultas e 38 filhotes. O responsável foi autuado em R$ 10,2 mil, com base no art. 26, da Res. SMA 48/14.

Dhoje Interior

As cobras encontradas em Mirassol foram encaminhadas ao Zoológico Municipal de Rio Preto, onde passaram por avaliação, higienização e receberão cuidados para posteriormente serem transferidas para outras entidades que possam recebê-las definitivamente.

A Corn Snake é originária dos Estados Unidos e é encontrada em meio a plantações de milho, por isso o nome. No Brasil é considerada um animal exótico. Não há predadores e se for solta indiscriminadamente na natureza, pode causar um desequilíbrio ambiental. As cobras desta espécie não são venenosas, possuem hábitos tranquilos e acabam sendo contrabandeadas como animal de estimação.

Por Isabela MARTINS – Redação Jornal DHoje Interior