Polícia Ambiental apreende animais exóticos em casa

A Polícia Ambiental apreendeu vários animais exóticos em uma residência na Vila Talma, em Jales. Uma arma foi apreendida e um homem preso em Votuporanga. Os flagrantes ocorreram nesta segunda-feira (21) durante a Operação Jequitibá, desencadeada com o objetivo de despertar a consciência da população para a educação, prevenção e combate aos crimes ambientais, principalmente contra a flora em todas as regiões do país.

Foram apreendidos um lagarto do deserto, uma pogona, quatro cobras do milho “corn snake”, todos animais exóticos, além de quatro ouriços, cinco jiboias, nove aranhas caranguejeiras, todos animais nativos da fauna brasileira. Os animais estavam em um cômodo no fundo da residência.

Dhoje Interior

A polícia chegou ao local após recebe uma denuncia de que havia animais exóticos na casa. A dona da casa confirmou a presença dos animais e contou que todos pertenciam ao filho dela, de 34 anos.

De acordo com a Polícia Ambiental, o dono dos animais não apresentou nenhuma documentação que autorizava a criação dos bichos em cativeiro. Ele vai responder, em liberdade, por crime ambiental e foi multado em R$ 12 mil. Já os animais serão encaminhados para órgãos competentes, ligados ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), para verificar o estado de saúde deles.

Votuporanga

A Polícia Ambiental de Votuporanga apreendeu uma arma de fogo em uma propriedade rural. Uma denúncia indicava o corte irregular de árvores nativas, mas os policiais não constataram este tipo de irregularidade.

O morador da propriedade rural contou aos policiais que tinha uma arma, revolver calibre 38, sem documento. Ele foi preso, levado até a delegacia de Votuporanga e liberado após pagar fiança. A arma foi apreendida.

Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior

E-mail: [email protected]