PM Ambiental realiza operação contra maus tratos a pássaros

DIVULGAÇAO/POLÍCIA AMBIENTAL – 27/03/2018: Foi realizada a operação Dunamis, com ênfase na fiscalização da fauna silvestre.

Na sequência das comemorações de recebimento do novo fardamento Polícia Militar Ambiental fez uma nova apresentação e desencadeou uma operação, que começou por volta das 8h desta terça-feira (27), batizada a força tarefa ‘Dunamis’ que traz o sentido de potencialidade ou força, foi deflagrada com objetivo de proteger a fauna silvestre e o tráfico de pássaros em cidades do Noroeste paulista.

DIVULGAÇÃO/POLÍCIA AMBIENTAL – 27/03/2018: Força tarefa mobilizou equipes em diversas cidades do interior paulista e faz parte das comemorações de recebimento do novo fardamento.

Em Rio Preto agentes do 4º Batalhão logo depois da apresentação da nova farda camuflada na Praça Dom José Marcondes (Calçadão), eles visitaram casa e comércios em diversos bairros, Cristo Rey e São Judas, criadores de diversas espécies de aves, entre os quais Canários da Terra sem licença e presos em gaiolas, armadilhas também foram apreendidas ao todo 50 pontos foram vistoriados pelos policiais.

“Eles vão passar por um laudo biológico verificando a possibilidade de serem reintroduzidos a natureza, com essas infrações conseguimos repor os ambientes naturais aqui da nossa região”. Diz o capitão Alessandro Daleck.

As aves que apresentavam sinais de captura foram devolvidas ao ambiente natural, as demais precisarão de readaptação antes da soltura. Todas passaram por avaliação veterinária.

Um efetivo de 60 militares florestais, em 16 viaturas foram mobilizados em cinco cidades do interior do Estado, Rio Preto, Mirassol, Franca, Fernandópolis e Ribeirão Preto. Em nossa região, de um total de 106 pessoas fiscalizadas 22 estavam sem registro da guarda de pássaros em casa, 39 multas no mínimo de R$ 500 aplicadas, 127 variedades apreendida, 07 armas de fogo e 86 cartuchos em situação de flagrante, além de uma pessoa presa pelo porte de arma.

DA REPORTAGEM:

Colaboração: Guilherme Ramos, às 16h03.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS