Plantas artificiais são alternativa para composições no estilo urban jungle

Foto Divulgação

Ornamentações sintéticas dispensam maiores cuidados e também promovem bem-estar

A tendência que está, crescentemente, ganhado visibilidade no quesito decoração, recebe o nome de urban jungle ou floresta urbana e promete estar ainda mais presente em diferentes cantinhos da casa, no próximo ano. Atualmente, as pessoas vêm apresentando uma consciência ambiental muito maior do que há alguns anos e, deste modo, estão mais ligados a causas ecológicas e buscam uma maior proximidade com a natureza.

O estilo pode ser adaptado a praticamente todos os cômodos da casa, no entanto, a tendência demanda alguns cuidados como tempo e atenção, visto que, estes são fatores muito importantes para que as plantas possam ser tratadas da maneira correta e sua vida útil seja prolongada.

Na contramão dos ideais da nova geração que busca se conectar à natureza, está a rotina que é cada dia mais atarefada e faz com que as pessoas tenham pouco tempo para outras atividades. “Para aqueles que têm poucas horas disponíveis para os cuidados necessários, mas fazem questão da presença do verde em casa, usar vasos e objetos decorativos com plantas artificiais é uma alternativa bastante válida”, sugere a empresária Luciana Benucci, proprietária da loja Aroma & Arte.

As vegetações sintéticas oferecem uma ornamentação tão expressiva e bonita quanto as naturais, apenas com a diferença de que não precisam ser regadas, permanecer onde haja ventilação, presença de luz ou qualquer outro planejamento necessário no caso das orgânicas.

 “Além dos inúmeros arranjos que as plantas artificiais nos proporcionam criar sem qualquer tipo de preocupação, incluir objetos com estampas de folhas nas composições também agregam e fortalecem o contato com a natureza”, explica Luciana. A presença expressiva do verde em casa, mesmo que artificialmente, promove a sensação de bem-estar e pode transformar o lar em um verdadeiro refúgio.

Aroma & Arte
https://www.aromaeartepresentes.com.br/
@aromaeartefigueiras

Da REDAÇÃO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS