Plano de Turismo deve aquecer a economia de Rio Preto

Elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Negócios do Turismo em parceria com o Conselho Municipal de Turismo (Comtur) e entidades relacionadas ao setor, o Plano Municipal de Turismo foi assinado e entregue na manhã de ontem, pelo prefeito Edinho Araújo para o presidente da Câmara Jean Charles, que levará para a casa dos vereadores, onde será analisado e votado.
Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Liszt Abdala, o plano deve atrair grandes eventos para a região e fomentar a economia da cidade. “O turismo é um grande promotor de desenvolvimento econômico e faz girar a roda da economia da cidade. Então, vamos incentivar muitos eventos na área da gastronomia, a própria revitalização do centro, uma série de tarefas para conquistar toda a atividade turística”, explicou o secretário, que citou exemplos de como Rio Preto pode criar inúmeros eventos.
“No turismo cultural temos alguns museus, como o Museu de Arte Primitivista “José Antônio da Silva”, que é pouco divulgado e é uma referência mundial. Na cultura religiosa, temos a igreja de Santo Apolônio, em Schmitt, que é padroeiro dos dentistas e, talvez, nem os dentistas saibam, além da caminhada do padre Mariano, que está para ser beatificado em breve, a caminhada dos Castores, o Beraká, um Templo da Universal, a própria Rede Vida, ou seja, uma série de mecanismos turísticos que podemos explorar. Uma infinidade de possibilidades”, concluiu.

Por – Marcelo SCHAFFAUSER –redação Jornal Dhoje Interior

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS