Pit bull ataca duas pessoas e dono diz que animal foi solto por ladrão

Foto: Cláudio LAHOS

Um cachorro, uma aposentada de 56 anos e um comerciante, de 55, foram atacados por um pit bull na manhã desta sexta-feira, na Vila São Pedro, em Rio Preto, e o caso que parecia ser de omissão na guarda de animal pode ter outro desfecho.

O dono do cão, um comerciante de 38 anos, procurou a polícia à noite para denunciar que um desconhecido entrou na sua revenda e furtou dois botijões de gás.

Para cometer o crime, o ladrão teria arrombado o portão da frente, onde o pit bull estava, soltando-o.

O comerciante de 38 anos apresentou imagens do conserto da grade. O cachorro foi colocado para dentro do estabelecimento e preso por funcionário do outro comerciante, seu conhecido.

Tanto a mulher, quanto o homem ferido, foram atendidos na UPA Tangará e liberados.

O ATAQUE

Conforme o registro policial, a aposentada estava passeando na calçada com seu cachorro quando foram surpreendidos pelo pit bull, que atacou primeiro o outro cão e depois sua dona, que tentou protegê-lo.

O comerciante que presenciou a cena tentou interferir e proteger a mulher, mas também acabou mordido.

A Polícia Civil investiga a versão apresentada pelo proprietário do pit bull e um inquérito deve ser aberto para apurar o caso.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS