PF aguarda liberação de crédito para retomar emissão de passaporte

Até a tarde desta sexta-feira (21) a Polícia Federal ainda não tinha recebido o crédito extra de R$ 102,3 milhões para retomar a emissão de passaportes, que foi sancionado pelo Congresso Nacional na última quarta-feira (19).

Segundo informações do Posto de Emissão de Passaportes da Polícia Federal de Rio Preto ao Jornal DHoje, a instituição aguarda o repasse do dinheiro a PF, para que o órgão possa regularizar a situação com a Casa da Moeda e retomar a emissão de passaportes. Até o momento não há uma previsão de quando isso possa acontecer.

Há quase um mês, em 27 de junho, próximo as férias escolares e período de grande demanda, a Polícia Federal anunciou a interrupção na emissão dos passaportes, alegando “insuficiência no orçamento”. Fato que não significa falta de dinheiro, mas sim, que a corporação havia atingido o limite do gasto autorizado na Lei Orçamentária da União.

Atualmente quem deseja tirar o passaporte paga uma taxa de R$257,25 e com um prazo normal para a entrega de seis dias úteis, sendo que o posto escolhido é quem pode dar a previsão exata para a data de retirada.

Por Priscila CARVALHO

SEM COMENTÁRIOS