Pesquisa revela que 45% dos beneficiários do PIS/PASEP vão usar dinheiro para pagar dívidas

Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) revelou que 45% dos beneficiários do PIS/PASEP irão utilizar o dinheiro extra para pagar dívidas em atraso. O percentual sobe para 57% considerando apenas as pessoas das classes C,D e E.

Quem foi até às agências da Caixa Federal fazer o saque do PIS nesta terça-feira (14) teve que enfrentar fila. Cerca de R$ 17,5 milhões foram liberados pelo governo. “Minha prioridade é pagar as contas atrasadas. Depois eu vou ver o que faço com o resto”, afirma a faxineira Maria Eunice, 50 anos. “Eu não sei o que fazer ainda com o dinheiro, mas devo usar pra pagar algumas dívidas”, comenta a empregada doméstica Neuseli De Fátima, 53 anos. “Todo o dinheiro que eu saquei já está comprometido por causa de contas atrasadas”, afirma Nelson Moreira Silva Júnior, 49 anos.

De acordo com a mesma pesquisa, a segunda principal finalidade do dinheiro do PIS/PASEP para 30% dos entrevistados será os investimentos. Há ainda uma parcela de 15% que anteciparão o pagamento de contas não atrasadas, como prestações de carro e casa; e 30% irão pagar despesas do dia a dia. Outros 9% dos entrevistados vão usar o dinheiro para comprar roupas e calçados.

Ao todo serão aproximadamente 28,7 milhões de cidadãos brasileiros beneficiados com o dinheiro do PIS/PASEP, que deve injetar cerca de R$ 39,5 bilhões na economia, segundo dados oficiais do governo. (Colaborou: Vinicius LIMA) 

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS