Pesquisa aponta comércio varejista como principal porta para o mercado de trabalho

TRABALHO - Comércio varejista foi responsável por 31,5% das admissões entre 2013 e 2017

Com quase um terço dos profissionais que buscavam o primeiro emprego contratados nos últimos cinco anos, o comércio varejista se tornou o maior responsável por admissões em Rio Preto, segundo pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), em parceria com o Sindicato do Comércio Varejista de São José do Rio Preto.

De acordo com os dados levantados, de janeiro de 2013 até julho de 2017, dos 26.511 admitidos, que procuravam o primeiro emprego em Rio Preto, 8.361, ou 31,5% tiveram seu primeiro registro na carteira através do comércio varejista.

Segundo o economista da FecomercioSP, Jaime Vasconcellos, o comércio varejista abre mais oportunidades por não exigir tanta experiência dos candidatos. “Ter experiência é muito importante, mas o comércio varejista requer muitas características pessoais que ajudam os jovens na busca pelo primeiro emprego. Uma boa comunicação, proatividade, trabalho em equipe, polivalência, o sangue nos olhos, que nos referimos, aquele que tem vontade de trabalhar mesmo. Tudo isso, aliado a paciência e a flexibilidade de horários favorece a inclusão desses trabalhadores sem experiência”, explicou o economista, que também ressaltou os empregos temporários, como um dos principais indicadores da absorção do comércio varejista no primeiro emprego.

“Vamos entrar em uma época propícia para isso, e a responsabilidade é muito grande do setor varejista, porque isso também é uma função social”, finalizou.

 

Por Marcelo SCHAFFAUSER

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS