Penúltimo dia do FIT terá Chapeuzinho Vermelho

Popular entre as crianças e um dos mais famosos contos de fadas do mundo, “Chapeuzinho Vermelho” será apresentada nesta sexta-feira (13), às 15h, no Teatro Municipal Paulo Moura. A encenação do Projeto Gompa e Rococó Produções, do Rio Grande do Sul, propõe a estética do teatro adulto ao mesmo tempo em que a fábula é pensada também para crianças. A entrada é gratuita e livre para todos os públicos.

Outra companhia gaúcha que irá se apresentar é Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz com a encenação “Caliban – A Tempestade de Augusto Boal”. De acordo com a sinopse oficial, a obra junta a alegria e indignação do teatro de rua para criticar a onda conservadora em curso na América Latina, vide o momento atual do Brasil. Boan escreveu a versão da obra de Shakespeare em 1974. O espetáculo será às 16h, na Praça Dom José Marcondes.

“Preto” é mais uma novidade que veio do sul do país. A peça se articula a partir da fala pública de uma mulher negra em uma espécie de conferência sobre questões que incluem o racismo e a realidade dos negros no Brasil atualmente. A apresentação será no Sesc, às 19h, com a entrada no valor de R$ 15.

Também no Sesc, às 21h30, o grupo Coletivo Ponto Art, de Salvador, apresenta “Entrelinhas”. A obra retrata as violências psicológica, emocional e sexual contra a mulher para mostrar como a voz feminina tem sido silenciada diante da força física. A entrada terá o valor de R$ 15.

Na Swift, Cidinha da Silva e Aguinaldo Gonçalves participam da mesa redonda “Vozes da Díaspora”, com mediação de Paloma Franca Amorim, às 11h. Na sede da Cia. Dos Pés, localizada na Rua Sírio Libanesa, 618 – Vila Sinibaldi, o grupo recebe Jaqueline Esebão para uma bate-papo sobre a relação entre dramaturgia e cena, às 9h.

Por fim, o grupo francês Compagnie Non Nova apresenta novamente no Teatro Municipal Humberto Sinibaldi, o espetáculo “L’Après – Midi D’um Foehn Version 1” (Tarde de Ventania Versão 1). Serão três encenações, às 15h, 17h e 19h. A entrada terá o valor de R$ 10. (Colaborou: Vinicius LIMA)

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS