Pedro Roberto e Pauléra disputam a presidência da Câmara Municipal

A noite desta terça-feira promete ser quente e acirrada na disputa pela presidência da Câmara Municipal de Rio Preto. Dois nomes concorrem o comando do Legislativo para o próximo biênio 2019/2020. Pedro Roberto (PRP) e Paulo Pauléra (PP) medem forças neste ‘duelo’. A eleição da nova Mesa Diretora ocorre durante a sessão extraordinária.

Jean Dornelas (PRB) teve seu nome cotado para comandar o Legislativo, mas sua candidatura não emplacou entre os companheiros da Casa. Uma alternativa encontrada foi se aliar com Pedro Roberto e formalizarem uma única candidatura nesta eleição. A ‘dobradinha’ terá Pedro Roberto como presidente, e Jean Dornelas, como vice-presidente.

A candidatura conta com o apoio dos vereadores Marco Rillo (PT) e Renato Pupo (PSD). O grupo busca conquistar mais adeptos no plenário para fortalecer a dupla.

Na véspera da eleição, Paulo Pauléra mantém o discurso conservador e não confirma sua candidatura. O parlamentar diz que tomará a decisão de lançar ou não seu nome na disputa pela presidência da Casa, momentos antes da votação. Mesmo diante do impasse, a reportagem do DHoje Interior apurou que Pauléra conta com o apoio de aliados do extinto “G-9”, então grupo de oposição ao prefeito Edinho Araújo (MDB).

O progressista teria o apoio de vereadores como Fábio Marcondes (PR), Francisco Júnior (DEM), Gerson Furquim (PP), José Carlos Marinho (PSB), Anderson Branco (PR), Celso Peixão (PSB), entre outros, para vencer a disputa da Mesa Diretora.

Depois de apoiar Jean Charles (MDB) no comando da Casa Legislativa em 2016, o prefeito Edinho Araújo preferiu adotar outra postura e acompanhar o ‘desenrolar’ do embate, já que no seu entender os dois candidatos integram a base do governo.

A decisão da Nova Mesa Diretora está nas mãos dos 17 parlamentares. Cada vereador terá o direito de um voto aberto, e vence o candidato com a maioria dos votos. A inscrição das candidaturas é feita no momento da eleição e qualquer vereador pode se candidatar. O escolhido ocupará o lugar de Jean Charles (MDB), presidente da Câmara Municipal no últimos dois anos.

Por Vinícius MAIA

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS