Peças rio-pretenses são destaques no FIT

O 7º dia do FIT (Festival Internacional de Teatro) vai privilegiar os grupos artísticos de São José do Rio Preto. Às 15h, a Cia. Dos Pés vai apresentar a peça “Euforia” no Sesc. A dramaturgia é permeada de sonoridades e imagens que evocam a cigarra, dona de um canto altissonante na natureza. O valor da entrada é de R$ 10.

Outra peça do município é “Cérebro de Elefante” da Cia. Ir e Vir. O enredo mostra um marido, uma esposa e um amante presos no limbo das memórias, buscando razões e justificativas para o esgotamento. O espetáculo será às 19h, no Zoológico Municipal. A entrada é gratuita.

Mas não será só de apresentações de Rio Preto que o FIT será composto nesta quarta-feira (11). Os cariocas também marcam presença com “Mortos-vivos: Uma ex-conferência”. O espetáculo será sobre quatro especialistas analisando a crise que tomou o mundo e sugerindo estratégias de sobrevivência. Temas como xenofobia, fascismo, preconceito, tortura, a banalidade do mal e o fascínio pela violência. A dramaturgia será no Teatro Municipal Paulo Moura, às 21h30, com entrada no valor de R$ 15.

Outra companhia do Rio de Janeiro a se apresentar é Aquela Cia. De Teatro, com a última apresentação de “Guanabara Canibal”. A dramaturgia parte de documentos históricos para expor as raízes da guerra e da violência desde a fundação do Rio (1565). A peça será no Sesc, às 19h, com a entrada no valor de R$ 15.

Ainda na quarta-feira (11), Ailton Krenak e Eliane Potiguara, com mediação de Marco André Nunes realizam a mesa redonda “Vozes Originais do Lugar”, no Sesc, às 15h, com entrada gratuita.  (Colaborou: Vinicius LIMA)

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS