Paulo Pauléra é eleito presidente da Câmara de Rio Preto no biênio 2019-2020

A eleição da nova Mesa Diretora da Câmara de Rio Preto foi marcada por diversas manifestações, tumultos, discursos acalorados de vereadores e ofensas de munícipes presentes em um plenário completamente lotado e dividido. Mesmo diante de um cenário atípico, o vereador Paulo Roberto Ambrósio, o “Pauléra” (PP), foi eleito o novo presidente da Casa do Legislativo, na sessão extraordinária de ontem (4), e vai comandar a mesa no próximo biênio 2019-2020.

O vereador progressista foi escolhido por 12 votos, na disputa com Pedro Roberto Gomes (PRP), atual terceiro secretário da Mesa Diretora, que obteve cinco votos na eleição. Pauléra vai ocupar o posto de Jean Charles Serbeto (MDB), na administração da Câmara Municipal.

Em seu quarto mandato como vereador, Paulo Pauléra retoma a função de chefe do Legislativo após comandar a mesa diretora nos anos de 2013 e 2014. Sua candidatura foi conturbada e rondada por mistérios. Mesmo apontado pelos companheiros de plenário e pelo próprio prefeito Edinho Araújo (MDB) como um dos postulantes na disputa do pleito, Pauléra preferiu se reservar e não confirmar sua candidatura.

No discurso após a confirmação de seu nome para o comando da Câmara Municipal, o vereador agradeceu o apoio dos parlamentares que votaram em seu nome para presidência. Pauléra promete transparência e economia nos gastos do Legislativo. “Vamos fazer uma administração séria, como fiz quando fui presidente dessa Casa e devolvi R$ 4 milhões para Prefeitura do orçamento. Vamos investir naquilo que de fato é necessário e não apenas por gastar à toa”, diz.

Para os próximos dois anos, a Câmara de Rio Preto tem um orçamento projetado em R$ 50 milhões (R$ 25 milhões em cada ano).

Em seu pronunciamento de posse, Paulo Pauléra chegou a cutucar o Executivo com frases como ‘o poder Legislativo não é capacho do Executivo’, e de que ‘o prefeito não caça vereador, mas os vereadores caçam o prefeito’. Indagado sobre o assunto, o novo presidente eleito colocou panos quentes e ressaltou o bom relacionamento com o prefeito Edinho Araújo (MDB).

“Minha relação com o prefeito é das melhores. É um amigo pessoal e devo minha ascensão na política graças ao trabalho que executei como secretário de Serviços Gerais, com seu convite. Somos poderes independentes, mas existe uma sinergia entre os dois. Não vamos trabalhar contra o Executivo, vamos trabalhar juntos em favor de melhorias para nossa cidade”, afirmou.

A votação de ontem resultou na troca de quatro dos cinco nomes integrantes da atual mesa diretora. Apenas a vereadora Karina Karoline (PRB) continuará ocupando a função de primeira secretária.  A posse da nova Mesa Diretora do Legislativo acontecerá em janeiro.

A nova composição terá: Paulo Pauléra – PP (presidente); Fábio Marcondes – PR (vice-presidente); Karina Karoline – PRB (1ª Secretária); Zé da Academia – DEM (2º Secretário); e Anderson Branco – PR (3º Secretário).

Por Vinícius MAIA

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS