Partiu, Rússia! Brasil bate o Paraguai e coloca os dois pés na Copa do Mundo

Lateral esquerdo da Seleção, Marcelo comemora o terceiro gol brasileiro, que definiu a vitória sobre o Paraguai

Oito jogos e oito vitórias. A Seleção Brasileira comandada por Tite segue fazendo história e quebrando recordes. Além disso, com a vitória na noite desta quarta-feira (28) sobre o Paraguai, por 3 a 0, na Arena Corinthians, pela 14ª rodada das Eliminatórias, chegou aos 33 pontos e praticamente carimbou o passaporte para a Copa do Mundo da Rússia em 2018.

Para ficar fora, só uma improvável combinação de resultados tiraria o Brasil do mundial. Com uma folga de cinco meses no calendário, a Seleção volta a campo pelas Eliminatórias no dia 31 de agosto, quando recebe o Equador, pela 15ª rodada.

O JOGO

Nome do jogo, Neymar criou a primeira chance aos oito minutos. Em cobrança de falta de longe, o camisa 10 arriscou e o goleiro Anthony Silva fez a defesa. Aos 12 minutos, o Paraguai recuperou a bola no meio de campo, armou o contra golpe e Derlis Gonzáles acabou chutando à direita do gol de Alisson.

O primeiro gol brasileiro quase veio aos 24 minutos. Neymar fez nova cobrança de falta e Anthony Silva espalmou para a lateral. Na sobra, Fagner fez o cruzamento para o meio da área e Firmino cabeceou para boa defesa do goleiro paraguaio.

Aos 33 minutos, a Seleção abriu o placar. Philippe Coutinho saiu da direita, carregou a bola para o meio, tabelou com Paulinho, que devolveu de calcanhar para o camisa 11 bater de primeira, no canto direito de Anthony Silva.

Na volta para a segunda etapa, primeiro Paulinho emendou uma bomba da entrada da área e jogou para fora. Na sequência, em novo contra-ataque, Paulinho tocou para Philippe Coutinho, que cruzou para dentro da área e Neymar, no segundo pau, mandou para o fora o segundo gol.

Um minuto depois, Neymar arrancou, levou a defesa paraguaia e foi derrubado por Rodrigo Rojas. Pênalti para o Brasil. Na cobrança, aos 7 minutos, o camisa 10 brasileiro bateu no canto direito de Anthony Silva, que voou no para fazer a defesa.

Sem se abater com a penalidade desperdiçada, Neymar fez o segundo do Brasil 11 minutos depois. Após linda arrancada pela esquerda, o atacante invadiu a área, driblou para o meio e bateu. A bola ainda desviou na zaga e entrou no meio do gol, matando o goleiro Anthony Silva.

Aos 26 minutos, o Brasil chegou ao terceiro gol, mas o árbitro anulou o lance assinalando impedimento de Neymar. Aos 37 minutos, Philippe Coutinho fez grande jogada e a bola sobrou para Fagner, que soltou o pé para ótima defesa de Anthony Silva.

Para fechar a noite, mais um golaço. Quase no fim, aos 39 minutos, o Brasil matou a partida. A Seleção veio construindo a jogada pela esquerda, Marcelo tocou para Neymar, que achou Philippe Coutinho, que deu para Paulinho, que de calcanhar achou Marcelo. O lateral brasileiro ficou de frente para o gol e deu um toque de classe, por cima do goleiro Anthony Silva e fechando o jogo em 3 a 0.

Por Marcelo Schaffauser

SEM COMENTÁRIOS