Parques nacionais são alternativa para férias de aventuras

País dispõe de 73 parques naturais que oferecem opções de lazer aos visitantes

Espalhados por nove estados brasileiros, visitantes podem escolher entre mergulhos, escaladas, trilhas e esportes radicais enquanto apreciam as maravilhas da natureza.

Uma boa opção para aproveitar as férias de julho é visitar um dos 73 parques naturais espalhados pelo País. As unidades de preservação foram consideradas pelo Fórum Econômico Mundial (FEM) como a melhor oferta de atrativos naturais do mundo, pois abrigam uma vasta diversidade de fauna e flora. Só no ano passado, mais de sete milhões de turistas visitaram as áreas.

A procura pelo turismo de natureza é uma tendência mundial. Segundo a Organização Mundial do Turismo, a expansão do segmento está entre 15% e 25% ao ano. Além disso, uma resolução das Nações Unidas reconheceu o turismo sustentável como ferramenta para viabilizar economicamente a proteção de unidades de conservação, bem como para o desenvolvimento local.

Conheça alguns parque espalhados pelo Brasil:

Parque Nacional da Tijuca – Rio de Janeiro

tijuca

O número um no ranking de visitantes abriga o corcovado e o Cristo Redentor. As florestas do local são resultado do primeiro grande projeto mundial de reflorestamento, iniciado em 1861. No passado, a produção de carvão e café dizimaram quase toda a mata. Começou, então, um processo de desapropriação das fazendas e replantio de 100 mil árvores. Atrações como o Circuito do Vale Histórico, o Lago das Fadas, as Grutas e a Pedra Bonita fazem parte do roteiro de quem busca o parque como destino.

 Parque Nacional da Serra dos Órgãos – Rio de Janeiro

olhos

Também no Rio de Janeiro, os turistas podem aproveitar o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, muito procurado para a prática de esportes radicais. Além de escaladas no Dedo de Deus e Agulha do Diabo, há também trilhas com mais de 200 quilômetros e vários graus de dificuldade, além dos banhos de cachoeira.

Parque Nacional do Itatiaia – Minas Gerais

itatiaia

Já na divisa entre o estado do Rio de Janeiro e Minas Gerais, o Parque Nacional de Itatiaia, o primeiro do Brasil, fica na Serra da Mantiqueira e abriga o Pico das Agulhas, um dos mais altos do País, com 2,8 mil metros, além de atrações como o Maciço das Prateleiras, o Vale do Aiuruoca, a Pedra do Altar e o Mirante do Último Adeus.

Parque Nacional do Iguaçu – Paraná

cataratas

O segundo parque mais visitado do Brasil abriga a Mata Atlântica da Região Sul, além das grandiosas Cataratas do Iguaçu. O local foi instituído, em 1986, como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela UNESCO e tem como opões de lazer trilhas, passeios de botes e voo de helicóptero. Restrições de acessibilidade não são empecilho para o turista que busca adrenalina, pois o parque tem atrações acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida ou em cadeira de rodas.

Parque Nacional de Jericoacoara – Ceará

jericoacoara

No Ceará, a opção é o Parque Nacional de Jericoacoara, que permite não só turismo de natureza, mas também é espaço para pesquisas científicas e apreciação das formações rochosas. O local também conta com praias e passeios nos manguezais.

Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha – Pernambuco

fernando de noronha

As praias e piscinas naturais com águas verde-esmeralda são um dos encantos do parque. Elas oferecem mergulhos no fundo do mar e uma visão de animais marinhos como polvos, lagostas, raias, tubarões e uma variedade de peixes. Para quem nunca viu golfinhos ou tartarugas de perto, essa é uma oportunidade.

Parque Nacional de Brasília – Distrito Federal

parque_bsb

A capital federal também oferece aos turistas atrações naturais, como o Parque Nacional, que dispõe de piscinas, trilhas, cachoeiras e rios. O parque foi fundado junto à cidade para assegurar a preservação de corpos d’água que cortam a região.

Parque Nacional Aparados da Serra – Rio Grande do Sul

aparados

Sentir-se pequeno em meio aos paredões verticais de até 700 metros do Cânon Itaimbezinho é uma das sensações que o turista terá ao visitar o Aparados da Serra. Ao longo das trilhas do Vértice, Cotovelo e do Rio do Boi estão a Mata Atlântica e a Floresta de Araucárias, belezas naturais que enriquecem o passeio.

Chapada dos Guimarães – Mato Grosso

guimarães

Sítios arqueológicos, grandes paredões de arenito e diversidade de fauna e flora fazem parte das atrações da Chapada dos Guimarães. A Cachoeira Véu da Noiva é um dos atrativos principais e conta com 86 metros de altura, que podem ser avistados de um mirante.

Parque Nacional de São Joaquim – Santa Catarina

joaquim

Rochas vulcânicas de 133 milhões de anos fazem parte da história do Parque de São Joaquim. O local foi criado para proteger a Mata de Araucárias e tem como cartões-postais a formação rochosa Pedra Furada e o Morro da Igreja, ponto mais mais alto da região, com 1.822 metros. Do Morro, o turista consegue observar a imensidão do parque.

 

Da Redação

Fonte: Portal Brasil

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS