Pagamento de serviço gera discussão e briga com agressões mútuas

Inconformado com o valor recebido por um serviço, o vidraceiro J.C.V., 41, morador no Solo Sagrado, foi até perto da casa do instalador de som D.C.S., 37, residente no Jardim Astúrias, na manhã desta quarta-feira, e discutiu com o colega.

Após o desentendimento verbal, V. teria golpeado as costas, braços e pernas de S. com um cano de metal. Para se defender, a vítima deu uma facada no ombro esquerdo do agressor.

A PM foi acionada e o caso registrado como lesão corporal na Central de Flagrantes de Rio Preto.

Por DJ

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS