Paciente quebra porta da UPA Tangará após ter ‘carona’ recusada

Foto ARQUIVO/DHOJE

D.T.S.G., 31, foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Tangará na noite deste domingo e, segundo a Guarda Civil Municipal (GCM), teria exigido que a ambulância a levasse para casa, na Estância Santo Antônio, o que foi recusado.

Diante da negativa, ela danificou uma porta de vidro da unidade de saúde, tendo se tornado violenta.

Guardas civis imobilizaram a acusada, que foi levada até a Central de Flagrantes e autuada por desacato. O caso será investigado pelo 5º DP.

Por DJ

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS