Outra briga entre vizinhos vira caso de polícia em Rio Preto

Uma enfermeira, de 46 anos, foi ameaçada por um de seus vizinhos que ainda danificou o portão de sua casa, no Residencial Vetorasso. O desentendimento ocorreu também na quarta-feira (12), mesmo dia em que a personal trainer Andressa Serantoni Zacaron foi morta a facadas por um casal de vizinhos.

A Polícia Militar foi acionada para atender ocorrência de briga entre vizinhos. De acordo com o boletim de ocorrência, a enfermeira estava em casa quando ouviu gritos pedindo por socorro e saiu para ver. Ela contou à PM que foi até a casa de seu vizinho para ver o que estava acontecendo. O homem estava em frente à residência dele e começou a ofendê-la. A enfermeira, então, retornou para sua casa.

Dhoje Interior

Ainda segundo o relato da enfermeira, em seguida, o vizinho bateu o veículo contra o portão da casa dela, causando danos ao portão e ao carro. Um autônomo, de 46 anos, que prestava serviços na casa da enfermeira, saiu para ver o que estava acontecendo e, neste momento, o vizinho pegou um serrote e ameaçou agredi-lo.

À PM, o vizinho da enfermeira alegou que a mulher tem um cachorro que ela deixa solto e, que, nesta quarta, o animal havia mordido ele. O motorista também disse ter receio que o cão morda sua filha, de um ano e meio, por isso teve início o desentendimento.

Registrado como ameaça e dano, o caso será investigado pelo 6° Distrito Policial. Todos foram orientados a comparecer na delegacia para mais esclarecimentos e também informados sobre o prazo de seis meses caso queriam representar criminalmente.

Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior