Operação apreende seis espingardas usadas em crimes ambientais

operação fronteira - foto divulgaçãoCerca de seis espingardas usadas em crimes ambientais foram apreendidas durante uma operação realizada das 14h às 22 horas, desta sexta-feira (12), na divisa de São Paulo e Minas Gerais. A ação contou com o apoio de 50 homens da Polícia Rodoviária Federal e Estadual, Ambiental, Grupamento Aéreo, Companhia de Ações Especiais (CAEP), dos dois estados e do Canil do CPI 5 de Rio Preto.

operação fronteira - foto divulgaçãoA Operação teve cunho preventivo em relação aos crimes em geral, como o tráfico de drogas, tráfico de armas, crimes ambientais, entre outros, além da prevenção em relação às quadrilhas de autores de roubos e furtos em geral, que utilizam as divisas dos estados, como rota de contrabando. Policiais ambientais vistoriaram ranchos e o helicóptero Águia sobrevoou operação fronteira - foto divulgaçãotoda a margem paulista em busca de irregularidades.

operação fronteira - foto divulgaçãoNa rodovia Armando de Salles Oliveira, que liga Paulo de Faria a Olímpia, policiais militares deram apoio à polícia rodoviária.  Ônibus, caminhões e carros foram vistoriados. A operação resultou em 267 veículos vistoriados, 296 pessoas abordadas, dois veículos recolhidos, 21 estabelecimentos comerciais vistoriados, quatro RAIAS (Relatórios de Infrações Administrativas), elaborados em quatro bares, por irregularidades e/ou falta de alvará, seis espingardas e munições operação fronteira - foto divulgação(referem-se a crimes ambientais), dois boletins de ocorrências operação fronteira - foto divulgaçãoelaborados, seis autos de Infração de Trânsito Estaduais elaborados e sete homens foram conduzidos ao Departamento de Polícia.

De acordo com o capitão Laércio Antônio Mantovani, apesar de não ter acontecido nenhuma prisão, a ação está sendo excelente em termos de aumento expressivo de apreensões de armas e autuações. “Dessa forma, com certeza, conseguimos inibir a prática de delitos nas fronteiras e prevenir os crimes na região”, explica.

 

Da Redação

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA