Novo sistema de irrigação automática vai quadruplicar produção de mudas

O engenheiro agrônomo do Viveiro Municipal, Otton Arruda, afirma que o ano de 2017 foi favorável para o plantio de mudas, em Rio Preto. De acordo com Arruda, o número de produção de mudas vai quadruplicar com o novo sistema de irrigação automática.

A consciência ambiental de que a arborização de uma cidade colabora e muito para a qualidade do ar, além do aumento de sombras, as árvores também trazem benefícios para vários ecossistemas e espaços públicos. Com isso o Viveiro Municipal de Rio Preto doou ao longo do ano passado 14.403 mudas para os munícipes, que realizaram o plantio.

De acordo com Otton Arruda, engenheiro agrônomo responsável pelo Viveiro Municipal, o ano de 2017 foi muito favorável e a procura para a retirada de mudas para plantio espontâneo foi maior do que os anos anteriores. Ações de plantio voluntário que visam arborizar a região central da cidade também colaboraram para o aumento desses números. “Os dados provenientes são apenas do Viveiro de Mudas, então não dá para dizer que esse é o número total de árvores plantadas em Rio Preto em 2017, pois o número é muito maior e imensurável”, disse Arruda.

Com o novo sistema de irrigação automática que começou a funcionar no início deste mês, a produção de mudas mensal passará de 1.200 mudas para, aproximadamente 5 mil. Os tipos mais procurados pela população para o plantio pela cidade e que também são as indicadas para a arborização urbana, são as espécies de pequeno e médio porte, como: Resedá de Jardim, Aroeira Pimenteira, Murta, Pata de Vaca, Magnólia amarela, Calicarpa, Neve da Montanha e Ipê branco, já para o plantio em áreas internas, a população tem procurado mais por espécies frutíferas.

Os locais que foram mais arborizados pelo município foram as regiões dos bairros Caparroz, São Deocleciano, Nazareth e América, que segundo o levantamento do viveiro foi a localidade que mais retirou mudas, mas o centro da cidade foi onde mais concentraram-se os plantios de árvores.

É importante lembrar que qualquer munícipe de Rio Preto pode plantar uma árvore em frente ao próprio imóvel. Por mês são liberadas por endereço duas mudas gratuitas, que podem ser retiradas no Viveiro Municipal. “Dentre alguns benefícios da arborização urbana para o nosso município, podemos citar: proporcionar bem estar psicológico ao homem; reduzir o impacto da água de chuva e seu escorrimento e melhora a qualidade do ar”, concluiu Arruda.

 

Por Priscila Carvalho

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS