Novo equipamento gera economia energética de quase meio milhão no HB

energia - O parelho vai gerar uma economia de quase meio milhão de reais

Visando a preservação do meio ambiente e a sustentabilidade, o Hospital de Base de Rio Preto atualmente trabalha com um novo maquinário de resfriador de líquidos, chamado chiller, que tem a previsão de gerar uma economia anual de quase meio milhão de reais.
O Setor de Engenharia Clínica do HB desenvolveu o projeto do chiller, que conquistou o primeiro lugar entre diversos projetos de todo o Estado de São Paulo, analisados pela CPFL. A empresa apoiou o projeto de eficiência energética do hospital e junto a Funfarme, o valor total investido nesse projeto foi de R$1.893.956,96.

A nova máquina foi instalada em outubro do ano passado e somente em 2017 foram economizados R$ 468.000 em energia elétrica. O chiller é responsável por resfriar a água por meio de um sistema fechado, fazendo com que o funcionamento da central de ar-condicionado do hospital atue de forma mais limpa, econômica e funcional. O resfriador de líquidos é monitorado em tempo real e consegue reduzir a temperatura da água em até 7 graus. Por hora passam 470 mil litros cúbicos de água na bomba primária do equipamento.
Por ano a previsão é de que a nova tecnologia economize 1.257 KWh, quantidade essa que daria para abastecer 667 casas por mês. De toda a área refrigerada do hospital, 70% está ligada ao chiller, o que compreende 11.457 metros quadrados. De acordo com Rodrigo Plazas, engenheiro clínico da Fundação, tudo é em prol da economia de energia. “O objetivo é eficiência energética e substituir um antigo por uma tecnologia nova e mais eficiente, que faz o mesmo trabalho e com 30% mais de eficiência”, afirmou Plazas.

Como funciona

O sistema de refrigeração do chiller consiste no resfriamento da água, tornando-a ideal para arrefecer o ar, produtos ou equipamentos. Ao ser usado em conjunto com determinados equipamentos de ar-condicionado, o chiller possibilita a climatização dos ambientes e o controle da temperatura e da umidade relativa, além da movimentação, filtragem e renovação do ar. Por meio de um sistema de refrigeração, o sistema retira o calor da água, baixando sua temperatura. Para isso, recebe o refrigerante aquecido e vaporizado do trocador de calor e o recompacta e esfria antes de enviá-lo de volta. Ao comprimir o refrigerante, em um processo que emite quantidades elevadas de calor, o sistema precisa ser resfriado por outro dispositivo, o evaporador, que retira o calor criado pela recompressão do refrigerante. Quando o ar-condicionado é ligado, um resfriador emite o ar quente que foi removido do interior do ambiente. Com alta durabilidade e eficiência, o sistema de refrigeração chiller também apresenta a vantagem de ter ótimo custo-benefício.

 

Por Priscila CARVALHO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS