Neymar reestreia sob vaias em Paris

Foto: Reuters

Após semanas de uma novela que, ainda não terminou, o atacante brasileiro, Neymar Jr, estreou pelo Paris Saint-Germain e foi vaiado pela torcida.

Alvo de polêmicas envolvendo um suposto estupro em que foi acusado pela modelo Nágila Trindade e também, polêmicas em que foi acusado pela torcida de traidor, Neymar Jr., entrou em campo, não se escondeu do jogo, mas não conseguiu passar em branco diante dos Ultras.

A exemplo disso, foi a faixa exibida por uma organizada que dizia: “Neymar Sr venda seu filho na Vila Mimosa!”, essa faixa, segundo o Globo Esporte.com, faz alusão a uma zona de prostituição no Rio de Janeiro. 

“No segundo tempo, uma nova faixa foi exibida pelos ultras: “Seu nome na Torre Eiffel, seus milhões em conta, suas noitadas open bar: Bem-vindo ao inferno, Calimero”. Calimero éum personagem de desenho animado conhecido por reclamar muito”, destacou o site esportivo.

EM TEMPO

Apesar das vaias e dos constantes protestos por parte da torcida organizada, o atacante brasileiro marcou um belo gol (que deu vitória ao PSG), e foi aplaudido de pé por boa parte da torcida que estava no estádio Parque dos Príncipes. A torcida organizada, contudo, continuou vaiando o jogador.

Ele ainda chegou a marcar o segundo gol do jogo, mas o VAR (Assistente de Vídeo) anulou o tento, assinalando impedimento do companheiro Di Maria.

Por Ygor ANDRADE

 

 

SEM COMENTÁRIOS