Na briga pelo topo da tabela, Internacional vence e retoma a segunda posição do Brasileirão

Foto Divulgação

Após pênalti polemico Internacional vence Atlético- PR e retoma a vice liderança do campeonato. Enquanto isso em clássico paulista Palmeiras bate Santos e impede peixe de entrar no G-6. Acompanhe tudo o que aconteceu na 32° rodada do Campeonato Brasileiro.

No Independência o Atlético- MG recebeu o Grêmio para abrir a 32° rodada do Brasileirão no sábado (3). Quem levou a melhor foi o Tricolor Gaúcho, que fez 1×0 com no inicio do primeiro tempo, com gol do capitão Pedro Geromel. Com o resultado o galo continua em 6° na tabela, uma posição a baixo do Grêmio que ocupa a 5° colocação.
E o maracanã foi cenário de mais um clássico carioca, recebendo o jogo entre Fluminense e Vasco. Com um jogo frio e pouco interessante, Maxi López foi quem garantiu os três pontos para o time de São Januário, após converter um pênalti aos 13 minutos do segundo tempo. Com a vitória o Vasco subiu para 13° posição, o Fluminense se manteve em 10° na tabela.

Mais tarde foi vez do clássico paulista entre Palmeiras e Santos agitar o Allianz Parque. No primeiro tempo o peixe foi dominado pelo verdão, Dudu abriu o placar e ainda na primeira etapa o ex-Santos Edu Dracena ampliou o marcador. Mas a segunda etapa pegou fogo, após Copete e Dodô empatarem deixar tudo igual. O clássico foi decidido após uma falta batida por Victor Luis e uma falha do goleiro Vanderlei. Com o resultado final de 3×2, o Palmeiras mantém a distancia de 5 pontos para o vice líder e o Santos permaneceu em 7° lugar.

Enfim o time do Paraná saiu dos 17 pontos. O time empatou com o Vitória no Durval Brito no jogo que abriu a rodada no domingo (4). Os gols foram de Alex Santana para o Paraná e Léo Ceará para o Vitória. Apesar do empate a Gralha Azul não saiu da lanterna, já o time baiano pulou para a 16° posição e saiu do Z-4.

E o Cruzeiro bateu o América-MG no Independência com gols de Arrascaeta e Thiago Neves. Rafael Moura ainda marcou para o coelho no segundo tempo, mas não conseguiu evitar a derrota e consequentimente a entrada do time na zona de rebaixamento, já que o Atlético caiu para a 17° posição. A Raposa subiu para 8° e colou no G-6.

E depois de duas derrotas o Botafogo voltou a ganhar no campeonato. Com gol contra de Ralf, (apesar da arbitragem anotar para Rodrigo Lindoso), o Fogão fez 1×0 no Corinthians no Engenhão. Com a vitória o time carioca subiu para a 14° posição e o Timão caiu para a 12° e ficou a apenas cinco pontos do z-4.

E o jogo que podia garantir o Flamengo na segunda posição da tabela acabou empatado. São Paulo e Flamengo se enfrentaram no Morumbi, quem abriu o placar foi o Tricolor Paulista com Diego Souza, mas a comemoração não durou muito tempo, no lance seguinte Uribe empatou para o Rubro-Negro. No segundo tempo o jovem Helinho que fez seu primeiro jogo pelo time profissional, colocou o São Paulo na frente novamente, mas Rodinei deixou tudo igual. O resultado deixou o Fla ainda mais longe do líder na 3° posição, o São Paulo se manteve em 4° lugar.

Mais tarde foi vez do Bahia bater a Chapecoense na Fonte Nova. Élber marcou para o Tricolor Baiano no segundo tempo e garantiu a 11° posição, já a Chape caiu para 18° e segue na zona de rebaixamento.

E em jogo polemico, o Internacional venceu o Atético-PR em casa e garantiu a vice liderança do campeonato. Camacho foi quem abriu o marcador para o furacão, que entrou em campo com um time alternativo. Mais Rodrigo Moledo ampatou para o colorado e nos últimos minutos da segunda etapa Rossi caiu na área e o juiz deu pênalti, D’Alessandro converteu e deu a vitória para o Inter. Com o resultado o Atlético caiu para 9° posição.

A 32° rodada termina nesta segunda-feira (5), o Sport recebe o Ceará na Ilha do Retiro às 20h. Se ganhar o Vovô pode pular para a 12° posição na tabela.

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS