Mulher perde R$10 mil após tentar comprar piscina em Rio Preto

Foto ARQUIVO/DHOJE

A técnica de enfermagem E.L.J, de 49 anos, procurou a Central de Flagrantes na manhã desta sexta-feira, (15), para registrar um boletim de ocorrência por estelionato, mas o crime só aconteceu em outubro passado.

De acordo com a polícia, a vítima se dirigiu até a loja de piscinas localizada em Rio Preto e, após chegar a um acordo com o dono do estabelecimento L.A.M, efetuou a compra de uma piscina pelo valor de R$14,4 mil. Assim, conforme combinado entre as partes, a mulher depositou uma entrada de R$10 mil na conta corrente em nome da empresa, devendo o restante do valor ser pago parcelado na instalação da piscina.

Ocorre que, após a vítima depositar referido valor, o proprietário passou a não mais atender as ligações e nem a responder mensagens por aplicativo. A vítima tentou por diversas vezes contato com o investigado, mas o localizou. Dessa forma, a mulher se dirigiu até a sede da loja, que fica na avenida Francisco Prestes Maia, onde para sua surpresa não encontrou a fachada da loja. Os vizinhos a informaram que a loja fechou ou mudou-se, mas que não souberam informar mais detalhes. Em consulta pelo número do CNPJ da empresa, foi constatado junto ao site do (TJ-SP) que o mesmo investigado é autor de outros processos cíveis e criminais. A polícia ainda não tem pistas do acusado. O caso está sendo investigado pelo crime de estelionato.

Por: Harley PACOLA

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS