Mulher é presa por ofender e agredir soldado da PM

ARQUIVO/GUILHERME RAMOS

O soldado da Polícia Militar de Rio Preto, G.O.C., 38, foi ofendido por causa da cor de sua pele pela dona de casa A.P.D., 40, moradora na Vila Itália, por volta das 23h10 desta quarta-feira. A acusada, que foi presa em flagrante por injúria, teria chamado o policial de ‘crioulo’ e ‘negro’. Em seguida, derrubou o pm no chão, quebrando seus óculos e arranhando seu rosto.

A guarnição tinha sido acionada para atender uma ocorrência de desentendimento por causa de som alto, envolvendo a indiciada e uma vizinha. Como não pagou a fiança de R$ 1 mil, A. permanece presa.

 

Por Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS