Mototaxista morre atropelado por caminhão na BR-153

Rildo de Almeida Cardoso, 50, que residia no Parque da Liberdade II, em Rio Preto, e trabalhava como mototaxista, morreu no quilômetro 56 da BR-153, perto do trevo do Distrito de Talhado, às 15h55 deste domingo.

Segundo uma testemunha, a vítima estava em uma Honda CG 160 Titan quando teria tentado ultrapassar um caminhão de grande porte que seguia à sua frente, mas desistiu no meio do caminho e ao retornar colidiu com um dos eixos, caindo no solo e sendo atropelada.

Dhoje Interior

Conforme o motorista que presenciou o acidente, por causa do tamanho do veículo é provável que o caminhoneiro não tenha percebido o que aconteceu e por isso seguiu viagem.

Duas viaturas do Corpo de Bombeiros e uma unidade de Resgate da concessionária que administra a rodovia foram acionadas.

O mototaxista foi levado para a UPA Tangará, onde já chegou morto. O corpo passou por autópsia. O enterro deve acontecer nesta segunda-feira, às 16 horas, em Barretos.

Daniele JAMMAL