ATENÇÃO: Perdão aos infratores termina e GCM começa a multar nos corredores nesta segunda

Os motoristas precisam ficar atentos porque há corredores nas avenidas Alberto Andaló, Bady Bassitt, Doutor Ernani Pires Domingues, João Bernardino de Seixas Ribeiro, Mirassolândia e Philadelpho Manoel Gouveia Neto. Foto Cláudio Lahos

A partir de segunda-feira (20), os motoristas que desrespeitarem as regras dos corredores de ônibus de Rio Preto serão autuados. Ao todo, 18 vias entre ruas e avenidas possui uma faixa exclusiva para o transporte coletivo da cidade.

As faixas são exclusivas para ônibus das 5h às 8h e das 16h30 às 19h30, exceto aos domingos e feridos. Foram 42 quilômetros de corredores implantados na cidade.
Na primeira quinzena de janeiro, a Guarda Civil Municipal (GCM) apenas orientou os motoristas. A única via que registrou autuação neste período foi a Avenida Alberto Andaló, onde os corredores já estavam em funcionamento, sendo duas multas por estacionar no corredor e uma por transitar.

Dhoje Interior

Segundo o porta-voz da GCM, Roger Assis, os motoristas estão se acostumando com as faixas exclusivas para ônibus. “Neste período, as equipes flagraram poucos motoristas trafegando pelos corredores e, quando tínhamos algum caso de veículo estacionado, os guardas iam até o local orientar o proprietário”, conta.

Os motoristas precisam ficar atentos porque há corredores nas avenidas Alberto Andaló, Bady Bassitt, Doutor Ernani Pires Domingues, João Bernardino de Seixas Ribeiro, Mirassolândia e Philadelpho Manoel Gouveia Neto.

Também foram implantadas as faixas exclusivas de ônibus nas ruas Antônio de Godoy, Bernardino de Campos, General Glicério, João Mesquita, Pedro Amaral, Tiradentes e XV de Novembro.

O motorista que trafegar pela faixa de ônibus nos horários proibidos poderá receber autuação no valor de R$ 293,47, além de levar sete pontos na carteira de habilitação.
Já o condutor que estacionar nos horários proibidos comete multa grave, cujo o valor é de R$ 195,47, mais cinco pontos na CNH.

O condutor que for pego parado em local em horário proibido também poderá ser multado no valor de R$ 130,16, perdendo quatro pontos na habilitação.

A orientação do porta-voz da GCM é para que os motoristas só estacionem nas faixas, fora dos horários proibidos, em caso de muita necessidade, uma vez que os motoristas continuam trafegando na faixa durante todo o dia.

“Nós tivemos o período de adaptação dos motoristas, para que evitassem parar e trafegar seus veículos nos corredores e, a partir de agora, os agentes já efetuarão a autuação caso encontre alguma irregularidade. As equipes trabalham por regiões, portanto, tendo fiscalização por toda a área que a faixa exclusiva para o transporte público”, explica Roger.
A instalação dos corredores de ônibus incluíram o recapeamento de ruas e avenidas, construção de calçadas acessíveis e também a instalação de pontos de ônibus cobertos. O investimento foi de R$ 64 milhões e fizeram parte do Plano de Mobilidade Urbana.

 

Confira a lista dos corredores:

• Corredor 1 – Pedro Amaral (sentido bairro)/João Mesquita (sentido Centro)

• Corredor 2 – General Glicério (sentido Centro)/Bernardino de Campos (sentido bairro) – Vila Maceno

• Corredor 3 – XV de novembro (sentido Centro)/Antônio de Godoy (sentido bairro)

• Corredor 4 – Alberto Andaló (ambos os sentidos de fluxo)

• Corredor 5 – Bady Bassitt (ambos os sentidos de fluxo)

• Corredor 6 – João Bernardino de Seixas (ambos os sentidos de fluxo)

• Corredor 7– General Glicério (sentido bairro)/Bernardino de Campos (sentido Centro) – Vila Redentora

• Corredor 8 – Mirassolândia (ambos os sentidos de fluxo)

• Corredor 9 – Philadelpho Gouvea Neto (ambos os sentidos de fluxo)

 

 

Por Vinicius LOPES