Motoristas de aplicativo vão à Câmara de Rio Preto

O motorista de aplicativo Marcus Vinicius Scarpelli falou na tribuna livre, na 42ª Sessão da Câmara de Rio Preto desta terça-feira (19), sobre a regulamentação municipal da categoria. O plenário ficou repleto de motoristas que não são favoráveis às mudanças.

“Muitas coisas que estão acontecendo hoje, em relação aos aplicativos está mexendo com todo tipo de gente. O poder público está com síndrome de país, onde as pessoas vão precisar de visto para entrar. A polêmica dos veículos locados nas reuniões que conversamos com os vereadores ficou combinado que o motorista mostrasse o contrato de locação, porém, no dia da votação passou batido e hoje as pessoas que trabalham com veículos locados estão com dificuldade”.

Scarpelli ponderou ainda que “nós achamos que tem que ter fiscalização, mas não burocrático como está. Boa parte dos motoristas de aplicativos parou de rodar. A gente acaba buscando pessoas em uma distância maior porque não tem motorista”.

Da Reportagem 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS