Morre locutor de rodeios Paulinho Pena Branca

Foto: César Felipe / Pô Auriflama

O locutor de rodeios Paulo de Souza, mais conhecido como Paulinho Pena Branca, de 58 anos, morreu na tarde de domingo (18), no Hospital de Base de Rio Preto.

Paulinho teve hemorragia cerebral e foi transferido para a UTI, onde equipes de neurologistas e nefrologistas acompanharam o caso de perto.

Pena Branca foi diagnosticado há meses e fazia tratamento contra uma inflamação, chamada discite, causada por uma bactéria alojada na coluna. A doença tem como sintomas fortes dores que podem levar até a paralisia de movimentos.

O locutor estava internado para passar por procedimentos médicos e teve uma hemorragia cerebral. O quadro do paciente se agravou e ele não resistiu.

Paulinho Pena Branca levou o nome de Auriflama para todo o Brasil e foi considerado um dos maiores locutores do País nas décadas de 80 e 90.

Além de ser uma das vozes mais conhecidas das arenas de rodeio brasileiro, o locutor de Auriflama também é compositor, teve canções gravadas por grandes artistas e já foi homenageado pela dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó.

A família ainda não se pronunciou. Não há informações sobre velório e sepultamento.

Por Bia MENEGILDO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS