Moradores de rua são presos por furtos a estabelecimentos comerciais

Dois moradores de rua, um jovem, de 19 anos, e uma mulher, de 25 anos, foram presos em flagrante após furtarem duas lojas, uma de roupas masculinas e a outra de produtos médicos, na madrugada desta quarta-feira (5), no Jardim Morumbi, em Rio Preto. A prisão ocorreu em razão de o dono do estabelecimento monitorar a distância imagens do circuito de segurança.

De acordo com informações do boletim de ocorrências, a Polícia Militar foi acionada e ao chegar à loja, os ladrões já tinham ido embora. Através das imagens das câmeras de vigilância, os policiais puderam ver as características físicas e as roupas que eles usavam. Antes de localizar a dupla, foi comunicado aos policiais que outro furto estava acontecendo nas imediações, dessa vez a uma loja de produtos médicos. Em ambos os estabelecimentos comerciais, os ladrões arrombaram as portas da frente.

Dhoje Interior

A PM localizou a dupla no cruzamento das ruas General Glicério e Rubião Junior. Com eles, foram encontrados dinheiro e objetos das duas lojas, entre eles: 12 produtos cosméticos, três estojos de maquiagem, três celulares e um carregador, duas carteiras, uma maleta, contendo vários boletos a ser recebidos, um saco com R$ 50 em moedas, um cheque no valor de R$ 623,20, outro cheque de R$ 92, além de talões de cheque e três folhas sem preencher e assinadas.

Levados à Central de Flagrantes, o jovem e a mulher foram presos por furto e confessaram o crime. Eles possuem antecedentes criminais.

Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior