Mirassol investiga caso suspeito de sarampo

A Prefeitura de Mirassol investiga um caso suspeito de sarampo em uma criança de 5 meses.

Como medida preventiva, a Vigilância Epidemiológica realizou, ontem (13), o bloqueio contra a doença vacinando as crianças da creche Lucília França Sarto, localizada no bairro Regissol, área onde a suspeita foi registrada. A creche possui cerca de 200 alunos.

A Prefeitura destacou ainda que até o momento não há nenhum registro de sarampo em Mirassol.

Além de Mirassol, Rio Preto também começou uma ação de varredura contra a doença, após sete casos confirmados de sarampo.

Os últimos dois casos foram confirmados na última sexta-feira (2), pela Secretaria de Saúde de Rio Preto.

A pasta informou ainda que as crianças com resultado positivo para a doença não possuíam idade mínima para a vacinação de rotina que é de 12 meses completos.

A imunização é feita em crianças entre seis e onze meses recebem uma dose. Entre um ano e 29 anos, duas doses e apenas uma dose para adultos de 30 a 59 anos.

Por Jaqueline BARROS

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS