Mirassol inicia racionamento de água a partir desta quinta-feira

Rio São José dos Dourados. Foto: Ricardo Boni

A Sanessol, concessionária responsável serviços de água e esgoto de Mirassol, anunciou que a partir desta quinta-feira (15), das 12h às 22h, iniciará o sistema de racionamento na cidade. Neste primeiro momento, a medida impactará nos seguintes bairros: Renascença, São José, San Diego, Centro, Fartura, Tedeschi, Santa Casa, Santa Cruz, Navarrete, Nossa Senhora Aparecida, São Bernardo I, II e III.

De acordo com a Sanessol, a decisão foi tomada devido ao aumento de 38% no consumo de águas nas duas primeiras semanas de outubro em relação ao mesmo período no ano passado, além das altas temperaturas que atingiram a região e pela falta de chuvas, fator responsável pela diminuição da capacidade de captação de água do rio São José dos Dourados.

Dhoje Interior

“Fizemos, desde o início do período de estiagem, todas as manobras técnicas possíveis para tentar manter o abastecimento normalizado, além da realização de campanhas educativas e informativas sobre o uso consciente, no entanto, o consumo não diminuiu. Temos nos reunido semanalmente com a Arsae (Agência Reguladora de Água e Esgoto de Mirassol) para acompanhar esse cenário e discutir as ações preventivas. É importante que os moradores de Mirassol entendam que nesse momento o racionamento atingirá somente esses bairros, mas a urgência de economizar água estende-se para a cidade inteira já que a seca começou a afetar o nível dos poços, causando uma sobrecarga nos equipamentos de captação”, afirmou o diretor operacional da Sanessol, Andre Squissato Scanavini.

A concessionária ressalta ainda que o monitoramento da represa de captação e dos níveis dos reservatórios continuará sendo realizado diariamente. Qualquer melhora, em função de chuvas ou da diminuição do consumo, o racionamento poderá ser revisto.

Para mais informações, os clientes podem entrar em contato pelos canais de atendimento ao cliente (17) 99641-3259 (WhatsApp) e 0800-7740195 (24 horas por dia).

Por Vinicius LIMA – redação Jornal DHoje Interior