Ministério da Justiça pede extradição de Frederik Barbieri

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou, em nota, que já pediu ao governo dos Estados Unidos a extradição de Frederik Barbieri. Apontado como o maior traficante de armas para o Brasil, Barbieri foi preso na madrugada de sábado (24), na Flórida, pelo Serviço de Imigração e Alfândegas norte-americano.

Após o pedido de extradição, o governo dos Estados Unidos pediu documentação complementar, que está sendo providenciada pelo poder judiciário nacional e será encaminhada às autoridades norte-americanas, segundo o Ministério da Justiça.

Frederik Barbieri é investigado em procedimentos criminais instaurados no Brasil e nos Estados Unidos. Os pedidos de cooperação jurídica internacional entre os países para produção de provas encontram-se em andamento, segundo a pasta.

O filho dele, João Filipe Barbieri, 27 anos, está preso pelo mesmo crime desde julho de 2017. Ele é acusado de integrar o esquema do pai e foi preso em um condomínio de luxo de Rio Preto, onde morava.

“Segundo o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, o pedido de extradição de Frederik Barbieri já foi apresentado para o governo norte-americano, mas houve um pedido de documentação complementar. Agora, estão aguardando o Poder judiciário enviar a documentação complementar devidamente traduzida para o inglês”, diz a nota do Ministério da Justiça.

Conteúdo ESTADÃO

Confira o vídeo da prisão de João Filipe Barbieri:

 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS