Minicidade do Trânsito terá mais de 2 mil metros quadrados

Minicidade do trânsito na escola Oldemar Stobbe, no Jd. Gabriela. Foto: Ivan Feitosa/SMCS.

Rio Preto deve ganhar, até o final deste ano, uma Minicidade do Trânsito. O projeto, que é inédito, vai buscar unir educação e ludicidade e está sendo tocado pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Segurança.

A área ocupada deverá ser de aproximadamente 2,3 mil metros quadrados e o local escolhido é a Cidade das Crianças, segundo o secretário da Pasta, Amaury Hernandes.

“O projeto detalhado está sendo finalizado e prevê que a Minicidade reproduza com fidelidade ruas e avenidas de um município. Haverá sinalização, semáforos e vários tipos de veículos para que os futuros motoristas vivenciem situações que acontecem no cotidiano do trânsito de uma cidade”, explica.

De acordo com ele, além da infraestrutura o espaço permanente abrigará sala de aula. “Os alunos receberão informações, conhecimento e poderão também interagir de forma mais aprofundada com o trânsito”, acrescenta.

Conforme o secretário, atualmente Rio Preto conta com o Programa Minicidade Itinerante, em que uma estrutura móvel e bem mais modesta é deslocada, em sistema de rodízio, para escolas da rede municipal.

“Esses equipamentos ficam instalados uma semana e depois são levados para outra escola. Essa estrutura é formatada para atender crianças de seis a doze anos, incentivando a formação de condutores mais conscientes e responsáveis”, informa.

Na opinião de Hernandes, quanto mais cedo começar a educação para o trânsito, maiores são as chances de produzir melhores motoristas.

“As crianças e adolescentes se tornam multiplicadores de um trânsito mais seguro. Eles levam para dentro de suas casas o que aprendem e cobram dos pais para que dirijam de maneira mais defensiva. Acreditamos que com a Minicidade do Trânsito estaremos dando um passo importante na educação das futuras gerações de motoristas”, pondera.

O valor do investimento, segundo o secretário, deve ser conhecido assim que o projeto for concluído. “Com o projeto pronto, será feita licitação para aquisição dos veículos e montagem da infraestrutura que a Minicidade requer”, finaliza.

Por Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS